Dicas de Saúde - Alimentos Que Alimenta o Câncer

Há 3 Alimentos Que Alimenta o Câncer - Dr Lair Ribeiro

Dicas de Saúde - Alimentos Que Alimenta o Câncer

Existem alguns alimentos que alimentam o câncer e é isso que o Dr. Lair Ribeiro explica nesse
maravilhoso vídeo. Ele mostra que dependendo de certos alimentos que ingerimos em nosso corpo costuma alimentar o câncer por serem muito ácidos.

Mas existem 3 alimentos principais que todos nós devemos saber para se prevenir e divulgar essa informação...

Dicas de Saúde - Alimentos Que Alimenta o Câncer

A doença do câncer tem cura? A determinação pela oncologia de cura, é quando a pessoa tem um câncer e este é tratado normalmente (com quimioterapia e rádio-terapia) pela medicina atual e fica sobre observação durante 5 anos, se neste período essa doença não voltar, então é dito que existiu a cura após esse tempo de observação.

Mas na verdade os médicos atuais como novos estudos da medicina dizem que isso chama-se de remissão da doença. Veja o vídeo abaixo e assista a explicação do Doutor Lair Ribeiro sobre as pessoas podem evitar o câncer e quais os 3 alimentos que mais alimenta o câncer.

Vídeo Mostra Entrevista com Doutor Lair Ribeiro:



Diagnóstico e Tratamento do Cancer

Os principais objetivos dos programas de diagnóstico e tratamento do câncer são curar ou prolongar consideravelmente a vida dos pacientes e garantir a melhor qualidade de vida possível aos sobreviventes de câncer. Os programas de tratamento mais eficazes são aqueles que:

  1. são fornecidos de forma equitativa e sustentável;
  2. estão ligados à detecção precoce e ao diagnóstico e estadiamento precisos;
  3. aderir a padrões de atendimento baseados em evidências.
Os programas de tratamento também devem garantir acesso oportuno e equitativo à terapia eficaz para tipos de câncer que se apresentam com doença avançada, mas com alto potencial de cura, como câncer testicular metastático (seminoma) e leucemia linfática aguda em crianças. Da mesma forma, existe tratamento eficaz para certos tipos de câncer avançado, onde os objetivos do tratamento são prolongar a sobrevivência consideravelmente e manter uma boa qualidade de vida.

Diagnóstico - O primeiro passo crítico no tratamento do câncer é estabelecer o diagnóstico com base no exame patológico. A obtenção de uma amostra de tumor é obtida através da realização de uma biópsia ou aspiração que pode exigir uma intervenção, como um procedimento guiado por imagem ou endoscopia. Os serviços de patologia e medicina laboratorial são essenciais para analisar e interpretar com precisão as amostras dos pacientes, orientando assim o diagnóstico, o tratamento e o gerenciamento do paciente. É então crítico determinar o estágio, isto é, o grau de propagação do tumor a partir do local primário. O estadiamento é usado para ajudar a orientar as opções de tratamento e estimar o prognóstico de um indivíduo.

Tratamento - O tratamento do câncer requer uma análise cuidadosa das opções baseadas em evidências, que podem incluir mais de uma das principais modalidades terapêuticas: cirurgia, radioterapia e terapia sistêmica. A seleção deve basear-se na evidência do melhor tratamento existente, dados os recursos disponíveis. É melhor tomar decisões compartilhadas que levem em consideração os fatores do paciente, incluindo as preferências individuais. Quando possível, as opções a serem apresentadas aos pacientes devem ser coordenadas entre os prestadores de maneira multidisciplinar para garantir tratamento oportuno e eficaz. A terapia combinada de modalidades requer uma estreita colaboração entre toda a equipe de atendimento ao câncer e deve ser realizada de maneira integrada e centrada nas pessoas.

Todos os tipos de tratamentos contra o câncer podem exercer um impacto psicossocial e financeiro significativo sobre um paciente e sua família que devem ser considerados ao desenvolver programas para melhorar o acesso e a cobertura dos serviços de câncer. A lista de medicamentos essenciais da OMS foi atualizada em 2015 para incluir 30 medicamentos citotóxicos e adjuvantes (medicamentos anticâncer) que fazem parte de regimes de tratamento clinicamente eficazes comprovados. Esta lista foi avaliada quanto à eficácia, segurança e qualidade, e avaliações comparativas de custo-efetividade com outras alternativas da mesma classe de medicamentos foram realizadas para gerar essas importantes ferramentas de tratamento. Os serviços de tratamento de câncer requerem um sistema de saúde forte para garantir que o tratamento seja de alta qualidade, eficaz, seguro e acessível a todos os pacientes com câncer. Fonte desse Artigo: www.who.int/cancer/treatment/en/

Gostou desse artigo? Compartilhe a boa informação nas redes!

Comentários